Favorite films

  • Exotica
  • Dog Day Afternoon
  • Mulholland Drive
  • Synecdoche, New York

Recent activity

All
  • Malignant

    ★★

  • Oldboy

    ★★★½

  • Panic Room

    ★★★½

  • Prisoners

    ★★★½

Recent reviews

More
  • Malignant

    Malignant

    in a nutshell, o início parece que é a gozar com os filmes de terror, ao intrometer-nos num ambiente disparatado e desnecessariamente tenso, o que até parece uma boa ideia... até me aperceber que o filme não estava a gozar, mas sim a ser alvo de tal. Gosh, to the lovers of horror, como é que vejo boas reviews, i mean, senti alguma presença de 80s horror tipo a tensão psicológica em The Thing , mas que maneira menos ambiciosa…

  • Oldboy

    Oldboy

    ★★★½

    Não senti nem de perto nem de longe a ressonância do diretor como em Handmaiden , e muito disto se deveu à falta de conteúdo palpável que o filme transmitiu. I mean, sure, maybe uma das maiores qualidades deste filme pode ser a sua capacidade de evocar sentimentos através da hiperbolização da representação, e da absurdez que atravessava cada cena, mas por muito que isto lhe teve a favor, também senti que tirava o propósito do filme, e que por…

Popular reviews

More
  • I'm Thinking of Ending Things

    I'm Thinking of Ending Things

    ★★★★½

    Fico tão contente por haverem tantas reviews positivas, Kaufman (once again) absolutely nailed the bin, e foi capaz de concretizar um filme tanto misterioso e esotérico, como introspetivo e inesperadamente familiar.
    Para além do trabalho incrível tanto na produção como na edição excêntrica, este filme está repleto de inúmeras referências. Por entre poemas de autores ilustres,até ao famoso discurso do físico e demente John Nash, como ainda outras menções de filmes como A woman under the influence e 2001, nota-se…

  • Punch-Drunk Love

    Punch-Drunk Love

    ★★★★

    Indo já no meu quarto filme de PTA, continuo estupefacto com a forma que ele manipula tudo à sua volta. Ele não precisa necessariamente de um budget alto, ou de atores de eleição, sendo Punch-Drunk Love um perfeito exmplo disso. Com um custo de cinema moderado, Paul Thomas Anderson, sendo o cinéfilo que ele é, consegiu agarrar no Adam Sandler e fazer uma ótima representação dele, ao aproveitar todo o potencial que há naquela cabecinha de comédia superficial. Dizerem que…