West Side Story ★★★★½

O filme tem uma trilha sonora espetacular, ambas em orquestra e músicas cantadas, é estupendo, e concomitante acontecem com coreografias perfeitas, que mostram o conflito entre a violência e o amor, mostra a sensibilidade. A paleta de cores é notável, tons fortes e avermelhados, que carregam um drama carregado, e o estúdio reafirma essas sensações, com ambientações coloridos e acizentados em alguns momentos.

A história consegue perfeitamente mostrar os dois lados das gangues, os dois tem seus momentos de intimidade e amizade, mostrando que todos no fundo são bons jovens que estão tomando péssimas decisões na vida. As atuações conseguem passar muito bem as características de cada personagem, cada um da gangue tem um momento nas sequências musicais.

O filme me encantou bastante, devido as excelentes músicas e coreografias, mas a voz da Natalie Wood (Maria) não se encaixava em diversos momentos devido ser muito aguda mesmo ela sendo uma boa atriz, quando ela cantava de dueto com o Richard Beymer (Tony) uma diferença enorme entre a frequência das vozes incomodava um pouco. Entretanto, o filme me surpreendeu bastante, e estou no aguardo para o remake do Spielberg.

NOTA: 9,8