The Many Saints of Newark

The Many Saints of Newark ★★★½

É até certo ponto ousada a escolha de colocar o jovem Tony Soprano aparentemente como coadjuvante deste conto de origem. Apesar de não ser a figura central, o icônico personagem é um observador emocional de um ambiente que o contamina de forma irreparável - e isso é totalmente coerente com o caráter fortemente psicológico da série de TV original.

A linguagem estética mudou, ficou mais cinematográfica, assim como a vontade de soar atual ao incluir um antagonista negro e discutir (de leve) questões raciais.

Para os fãs, é a oportunidade de reencontrar figuras marcantes (o Tio Junior interpretado por Corey Stoll brilha como um dos destaques, enquanto Silvio é o ponto negativo, ficando ainda mais caricato) e voltar a um universo que deixou saudades.