Parallel Mothers

Parallel Mothers ★★★★½

“Não existe história muda. Por mais que a queimem, por mais que a quebrem, por mais que mintam, a história humana se recusa a fechar a boca”. (Eduardo Galeano)

Madres Pararelas é um melodrama maravilhoso que aborda a solidão e a martenidade como linha de relações entre presente/passado. Almodóvar consegue trabalhar o conflito ético de maneira crível sob um roteiro e direção impecáveis e ainda faz uma critica aos desaparecidos políticos da Guerra Civil Espanhola sob o fascismo da época, a obra é agraciada pelo desempenho fabuloso da Penélope Cruz e o elenco de apoio é ótimo, destaque a maravilhosa Milena Smit. Madres Pararelas consegue ser político e histórico e tem toda sensibilidade sobre a complexidade de ser mãe no mundo moderno, trabalho lindo do Almodóvar como de costume.

“There is no such thing as a silent story. No matter how much they burn it, no matter how much they break it, no matter how much they lie, human history refuses to shut its mouth.” (Eduardo Galeano)

Madres Pararelas is a wonderful melodrama that addresses loneliness and martenity as a line of relationships between present/past. Almodóvar manages to work the ethical conflict in a believable way under an impeccable script and direction and even criticizes the political disappeared of the Spanish Civil War under the fascism of the time, the work is graced by the fabulous performance of Penélope Cruz and the supporting cast is great , highlight the wonderful Milena Smit. Mothers Pararelas manages to be political and historical and has all the sensitivity about the complexity of being a mother in the modern world, beautiful work by Almodóvar as usual.

Nando liked these reviews

All