Lady Bird ★★★★★

Lady Bird me tocou profundamente. Greta Gerwig desenvolve a história com o coração, colocando o público sempre lado a lado com Lady Bird e sofrendo, amadurecendo e se emocionando com ela. Todos os atores desaparecem em seus personagens e se tornam simplesmente pessoas reais, com as quais podemos nos identificar. Saoirse Ronan e Laurie Metcalf constroem uma das melhores relações mãe e filha da história do cinema. As discussões, reações, provocações, silêncios, conselhos e momentos de carinho e ternura que ocorrem entre as duas são completamente palpáveis, e me fizeram chover lágrimas. O humor funciona muito bem, surgindo em cenas pontuais e não diminuindo a dramaticidade da narrativa. O elenco de apoio, mesmo não tendo muitos momentos de brilho, funciona com a proposta de realismo da narrativa. Destaque para a performance comovente de Beanie Feldstein e para a aura acolhedora benevolente de Tracy Letts. Esse filme é simplesmente lindo.